Você conhece bem os públicos que acessam o seu site?

Por em
Você conhece bem os públicos que acessam o seu site?

Sim, uma empresa tem mais de um público, podendo ser colaboradores, clientes, acionistas, fornecedores.

Quem tem um negócio próprio, independente do tamanho que tenha, precisa ser assertivo quanto ao público que deseja atingir.

Com as constantes mudanças nas plataformas da internet, e até mesmo a migração de lojas físicas para e-commerces, chamar a atenção do público certo pode ser um desafio.

Neste artigo você aprenderá como aferir com um olhar mais crítico os dados de acessos de seu site, além de aprender o que é cada termo de maneira bem simplificada.

Como identificar quem acessa seu site?

A primeira coisa a se fazer é sentar e exercitar a sua paciência já que você precisará analisar todos os dados possíveis das suas redes sociais e sites.

Uma das estatísticas que você não pode deixar de analisar minuciosamente é o dado demográfico, isto porque reúne uma série de informações importantíssimas para iniciar um plano, como faixa etária, sexo, localização e outros (depende da plataforma). Lembrando aqui que tais informações podem ser usadas para criar campanhas pagas.

Note: acessar seu site ou e-commerce não significa que a pessoa consumiu seu produto, comprou algo. Este tipo de estatística é diferente e não iremos abordá-la aqui.

Voltando ao dado demográfico, se você usar o Google Analytics para acompanhar os acessos de seu site, no menu lateral esquerdo, vá a Público-alvo\ Informações Demográficas. Neste local você poderá filtrar conforme sexo ou idade. Mais abaixo, em Geográfico, o filtro pode ser o local.

No item Comportamento\Novos x recorrentes, você identificará quantos são os novos visitantes e quantos são os que retornaram ao seu site.

Ah, mas o que estão vendo no meu site? Por que acessam?

Se você produz conteúdo frequentemente para o seu site e há acessos, é porque está chamando atenção, mas apenas isso não basta para ser considerado um bom texto.

Antes disso, como identificar as páginas que estão sendo acessadas?

No seu Analytics clique em Comportamento\Conteúdo do site\Páginas de destino. Se abrirá dados sobre todas as páginas acessadas, quantas pessoas acessaram (nº dado por página), quantos são os novos usuários, e mais.

Importante clarificar alguns termos que você encontrará no Google Analytics:

  • Sessões – é o acesso ao website. Ao olhar a tabela acima, vemos que que a frente de páginas acessas consta o número de sessões. Logo, o número de pessoas que entraram através de determinada página. Se o usuário sair, mas voltar outro dia, contará como uma nova sessão ainda que ele acesse de um mesmo dispositivo.

Mas, para que a sessão seja realmente contabilizada, é necessário que o usuário navegue mais de uma página, além da que entrou, senão, não entrará nas estatísticas.

  • Usuário – é a pessoa que entrou em seu site. Se ele repete a visita no futuro, contabilizará apenas a primeira visita.
  • Taxa de rejeição – trata-se da métrica de interação do usuário com seu site, e não tem a ver com o tempo de permanência em seu site, como é comum ouvir.  
  • Duração média da sessão – soma de todos que acessaram o site dividido todos para encontrar uma média de tempo. A análise deste item precisa ter uma finalidade, na verdade, embasada em um comportamento, por exemplo, duração média da sessão de todos os usuários que fizeram alguma compra. Desta maneira será muito mais proveitosa.
  • Visualização de páginas (page views) – é toda vez que uma página é carregada, logo, considera-se que foi visualizada. O importante a saber aqui é que o dado relevante são as visualizações de páginas únicas, o que exclui os refreshes (F5) frequentes, já que estes também somam.

Outras métricas para ficar de olho!

  • Páginas de Saída – é a taxa que indica a página em que o usuário sai do site. A diferença desta métrica para a taxa de rejeição é o número de páginas visitadas. Enquanto a taxa de rejeição indica a falta de interação desde a primeira página, a taxa de saída mostrará em qual página o usuário fechou seu site, sendo contabilizado após o 2º clique.
  • Taxa de conversão – é o que o nome diz, informa quantas pessoas entraram no seu site, atingindo sua meta. Esta meta pode ser comprar um produto ou pode ser preencher o formulário de contato, por exemplo. O cálculo feito é transações realizadas dividido pelas sessões multiplicado por 100 para que se torne uma taxa propriamente dita.

É importantíssimo mencionar aqui que entender o que cada dado diz, não significa que sua análise está completa. É necessário um outro olhar, juntar os dados e entender o que eles significam para seu site de maneira conjunta. Saber como usar os dados provenientes na ferramenta Google Analytics é chamado de Web Analytics e é algo muito mais amplo.   

Mas nem só de análise vive um site, correto? É preciso fazer uso dos dados encontrados para melhorar cada vez mais sua performance, otimizar o site tornando-o mais rápido e atraente, investir em textos de qualidade para seu público, bem como em imagens relevantes. Há muita coisa que pode ser feita.

Como identificar o público da sua empresa?

Este é um assunto longo que, assim como a análise de estatísticas, precisa de tempo, esforço e muitas mãos para ser identificado.

E se quiser saber mais sobre como identificar os públicos da sua empresa de maneira geral (não apenas na internet), acesse este artigo aqui.

Leituras para identificar seu público-alvo para além da internet

Saber com quem falar é o primeiro passo para criar o conteúdo certo que o agradará, chamará a atenção e iniciará um relacionamento. Um dos livros mais interessantes sobre o assunto é o Públicos: Como Identificá-los em nova visão estratégica, do Professor Fábio França. É um relações públicas especializado em públicos e vale muito a pena ler o livro.

Equipe Clave

Equipe Clave

Equipe de Redação da Agência Clave. A equipe de profissionais formados em comunicação da Agência Clave eventualmente estuda sobre o que fazem  e compartilham seus novos aprendizados, a fim de disseminar seus conhecimentos.

Comentários